quarta-feira, 7 de maio de 2008

CORAÇÃO ADOLESCENTE! (V)

Era uma jovem
parecida com a laranja do poste anterior

Que um dia foi uma linda garotinha,
Que depois cresceu e se fez adolescente
E que um dia deixou de ser ingénua
E descobriu o mundo…

Foi então que um sujeito
Que não entendia nada de juventude
Ao vê-la tão viva,
Sorriso largo
Tão desprendida
Disse “que imaturidade!”
E que “ela não daria uma mulher a sério”.

Um homem que entendia de jovens
Disse que agora é que estava a nascer
Uma nova mulher para o mundo.

E aquela menina foi crescendo.
Descobriu coisas boas e coisas más.
Cresceu mas a imaturidade
Própria da idade
Ainda morava nela.

Cresceu um pouco mais
Mas imatura, ainda.

Cresceu mais ainda e,
Finalmente,
Desabrochou uma linda jovem a caminho da maturidade.

Foi então que alguém
Ao vê-la, disse:
- Que linda mulher!
Tem um corpo escultural,
Tem tudo o que se deseja de uma mulher.
É melhor colhê-la agora
Antes que saia da sua forma desejável.

Alguém que ouvia aquelas palavras replicou:
- É sim. Uma linda jovem.
Tem corpo escultural
E tem tudo para se tornar uma mulher de verdade;
É melhor ajudar esta jovem
A descobrir o seu papel no mundo
E que não se deixe iludir por palavras vãs.

Ele aproximou-se da jovem que já estava a creditar que, por ter um corpo bonito e um físico espectacular, já se tornara numa mulher, pediu licença para falar e disse:
- Não te iludas com a tua maturidade física. Não é ela que te faz MULHER. Estás prontas para te tornares mulher e seres uma bênção para a humanidade. Os teus seios, os teus quadris, o teu rosto, o teu físico, são uma certeza de que o belo e o nobre existem. Mas precisas, agora, de te tornares mulher por dentro, porque se achares que já estás pronta para seres colhida, poderás acabar por ser usada sem seres amada.
Recebe a luz que vem do alto,
Aprende a tirar o doce que vem da terra e,
Quando começares a ficar mais meiga e doce por dentro,
Mais cheia de paz nas tuas atitudes exteriores,
Estarás pronta para a vida.

O erro de muitas jovens e de muitos jovens é pensar que se tornaram adultas e mulheres, adultos e homens, por saberem atrair e enfeitiçar com o corpo.

O que eu quero
é que os jovens errem o menos possível a respeito do amor e da vida…


Adaptação nossa do texto "Os Jovens são como laranjas...
de José Fernandes de Oliveira
in Se eu pudesse falar aos jovens
Edições Paulistas

3 comentários:

BC disse...

Ningúem se torna adulto, se não crescer interiormente. Pode-se ter uma grande altura, uma beleza exterior de fazer perder a cabeça,
como diz o poema, mas se a mente não acompanha, deita-se tudo a perder e o acompanhamento dessas bonitas laranjinhas é fundamental!!!
Eu continuo a visitar os amigos e a deixar-lhes um sorriso, todos nós
precisamos de sorrisos, logo de manhã como diria a minha filha:
Mãe espero que acorde ainda muitas manhãs a sorrir para todos, é o que eu tento fazer, sem excepção
Um bom dia, Raul!!!

V.Matias disse...

Claro que concordo :)

Anabela Magalhães disse...

Ah, tu também andas por aqui a deixar rasto, minha sobrinha querida?
E fazes muito bem. Vou reler aqui mesmo o teu belíssimo texto.
Aguardo novas do patrão deste bogue. :D