quinta-feira, 8 de maio de 2008

ADOLESCÊNCIA... O "OLHAR" DOS PAIS! (II)

Olhar de Mãe...

Uns versinhos já te fiz,
Um poema vou fazer.
O tempo passou.
Menina já não és,
Mulher também não.
De mulher tens a aparência
De menina a inocência.
Teus olhos são de menina.
Teu corpo de mulherzinha.
És pureza, ingenuidade,
Mariana
Mulher-menina
A menina pede colo,
A mulher já não o quer.
A mulher começa agora
A voar.
E nesse voo de sonhar
De ave colorida,
Deixa-me, amor, partilhar,
Contigo poder voar.
A vida vai prosseguir,
Mariana,
Mulher-menina.
Esse caminho contigo,
Quero fazer.
Até Deus querer
E enquanto me deixares.
De mãos dadas
Partilharemos
O mar, o campo, as flores.
E nas asas da ave colorida
Voaremos as duas,
Em sonhar
Pelo infinito

Isabel Cabral

2 comentários:

RENARD disse...

O texto da minha linda Isabel Cabral - AKA - BC. Ficam tão bem as suas palavras.

Beijinhos

BC disse...

Para a renard: Ontem não comentei nada, só no meu blog, mas ao vir aqui vi que tinhas deixado outra vez um comentário ao poema, por seres uma pessoa que estás sempre atenta ao que eu faço, obrigada por perceberes o que eu escrevo, que é tão simples!

Para o Raul: Mais uma vez também, um obrigada Raul.
Existem pessoas que conseguem ver com os olhos, e sentirem com o coração, mas nem todas, são simplesmente palavras que para alguns nada significam....

Para os dois os meus sorrisos