terça-feira, 3 de novembro de 2009

GESTOS DE AMOR!


Ao sabor da sabedoria de António de Mello, uma belíssima história de amor:

"Uma menina parecia ter os dias contados por causa de uma doença da qual o seu irmão, de dezoito anos, tinha recuperado alguns anos antes.


O médico que acompanhava a menina disse ao irmão: "Só uma transfusão do teu sangue pode salvar a vida da tua irmã. Estás disposto a dar-lha?"


Os olhos do rapaz reflectiam um verdadeiro temor. A dúvida invadiu o seu ser por instantes mas disse: "Estou disposto... vamos a isso".

Uma hora depois de ter terminado a transfusão, o rapaz perguntou indeciso: "Doutor, por favor, diga-me, quando morrerei?" Só então o médico compreendeu o momentâneo temor que antes havia detectado no rapaz. Pensava que, ao dar do seu sangue, iria também dar a vida pela sua irmã."

2 comentários:

BC disse...

São estes pequenos, grandes gestos de amor que nos fazem reflectir todos os dias,que nos ajudam a não sermos egoístas e a não olharmos só para o nosso umbigo.

Vivemos num mundo em que muita gente sofre todos os dias.

Olharmos para o lado e chegarmos a nossa mão não custa nada e pode fazer a diferença entre viver e morrer, ou entre continuar a viver mal e viver um pouco melhor.Sabes que tinha já muitas saudades destas partilhas.
Beijo
Isabel

sofia disse...

acho esta historia um verdadeiro gesto de amor e que as vezes os irmãos dizerem que não gostam uns dos outros não é verdade lá no fundo os irmãos gostam uns dos outros