sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

PARABÉNS, "PIPOCA"!


Catarina...


Com que rima Catarina?
Cabelo ao vento , belo, rebelde como crina!

Catarina, com que rima?
O teu crescimento...Bela, espraiada, florida colina!

Rima? Catarina?
Sim, coração Teu terno a bater em surdina!

Catarina? Rima ?
Claro... que a vida te seja fruto sumarento como tangerina

RimaCatarina?
Porque não há-de rimar CATARIMA!
 
(Arlindo Vieira - 06-01-2010)

4 comentários:

Anabela Magalhães disse...

Os meus paraéns Pipoca do teu querido pai!
beijinhos

Raul Emilio Martins disse...

Obrigado, Anabela. Darei os teus beijinhos à minha "Pipoca".
....
Carpe Diem!

Existente Instante disse...

Embora com atraso...mas sentido: que Catarina continue a rimar com Ela própria no seu pulsar de vida.
"Pipocar" pois até o sonho nunca mais acabar!

Raul Emilio Martins disse...

Caro E.I.,
ser-lhe-ão dados os teus parabéns... que de certa forma já lhe foram dados com este poema que lhe dedicaste num dos seus aniversários. Abraço.sorriso.aternuração.
...
Carpe diem!