quinta-feira, 17 de novembro de 2011

PAUZINHOS DE MARFIM!

Via "Contadores de Histórias." Uma boa "parábola" tendo em conta  os tempos que estamos a viver.

Conto do filósofo chinês Han Fei, oito séculos antes da nossa era.

Na China antiga, um jovem príncipe resolveu mandar fazer, de um pedaço de marfim muito valioso, um par de pauzinhos. Quando isto chegou ao conhecimento do rei seu pai, que era um homem muito sensato, este foi ter com ele e explicou-lhe:

— Não deves fazer isso, porque esse luxuoso par de pauzinhos pode levar-te à perdição!

O jovem príncipe ficou confuso. Não sabia se o pai falava a sério ou se estava a brincar. Mas o pai continuou:

— Quando tiveres os teus paus de marfim, verás que não ligam com a loiça de barro que usamos à mesa. Vais precisar de copos e tigelas de jade. Ora, as tigelas de jade e os paus de marfim não admitem iguarias grosseiras. Precisarás de cauda de elefante e fígado de leopardo. E quem tiver comido cauda de elefante e fígado de leopardo não vai contentar-se com vestes de cânhamo e uma casa simples e austera.

Irás precisar de fatos de seda e palácios sumptuosos. Ora, para teres tudo isto, vais arruinar as finanças do reino e os teus desejos nunca terão fim. Depressa cairás numa vida de luxo e de despesas sem limite. A desgraça irá atingir os nossos camponeses, e o reino afundar-se-á na ruína e desolação… Porque os teus paus de marfim fazem lembrar a estreita fissura no muro de uma fortaleza, que acaba por destruir toda a construção.
O jovem príncipe esqueceu o seu capricho e mais tarde veio a ser um monarca reputado pela sua grande sensatez.

2 comentários:

BC disse...

E como te considero um dos principais e mais importantes amigos aqui na blogosfera,dediquei um poema à Viviana devido a um comentário que ela me deixou ontem e me fez chorar assim durante longas horas, com sentimento bem verdadeiro bem cá de dentro, resolvi partilhá-lo Segunda-feira, 28 de Novembro de 2011

AMIZADE


Sobre as lágrimas da saudade
escrevi um nome,
uma palavra,
AMIZADE
Feita de Amor

Mistério
Ingenuidade
Zelo
Afetos
Dedicação
Emoções


Uma palavra
que me inspira
que me sorri, me abraça
uma palavra simples,
é só tu quereres
é só eu querer
muitas vezes mais forte
que o próprio Amor
é uma palavra que sai
do amigo, da amiga
e depois é exercê-la
junto aos outros
praticá-la todos os dias
com força, e não a
deixar nunca cair
pelos caminhos
tortuosos da vida
será ela um pilar,
uma força inexplicável
que não nos deixa ceder
e à qual nos podemos
sempre agarrar.

Isabel Cabral

Dedicado a uma pessoa muito especial, a Viviana,(OLHAI OS LÍRIOS DO CAMPO), que encontrei aqui na blogosfera e que ao longo destes anos, ultimamente com muitas pausas nunca deixou de estar presente e que me disse algumas
das palavras mais belas que me foram proferidas alguma vez ._____________"OBRIGADA


VIVIANA PELA PALAVRA AMIZADE, TER ESTADO SEMPRE PRESENTE." o também contigo:

Raul Emilio Martins disse...

Obrigado pela partilha... Eu também acredito na força da amizade.

Sinto que devo fazer muito mais pelos meus amigos, infelizmente, na maior parte dos dias não faço nada por eles.

Preciso de amigos, antes de mais, para me conhecer a mim próprio.

Acredito que aquilo que eu sou de melhor se manifesta na amizade
e é no diálogo com os meus amigos que me descubro a mim mesmo.

Preciso de amigos para encontrar força
e conforto para enfrentar as dificuldades da vida e conseguir vencê-las