terça-feira, 10 de novembro de 2009

INQUIETAÇÕES!

Foi bonito ver as imagens daquele dominó-mil-cores tombando, lentamente, iluminado por mil luzes de fogo de artifício e o brilho dos olhos dos jovens e idosos...
Mas quantos muros permanecem ainda por derrubar!
E por quanto tempo ainda?


12 comentários:

BC disse...

Certamente que muitos muros ainda por esses mundos fora, precisam ser derrubados.
Mas não nos esqueçamos que os muros começam dentro das pessoas,nas famílias, nos amigos, comecemos por destruir primeiro essas barreiras, esses muros que existem dentro de todos nós.

Pelo nosso vizinho, pelo nosso colega,pelo nosso amigo, pelo nosso irmão...!!!

Anónimo disse...

Estou de acordo. Infelizmente há muitos muros que é preciso derrubar... Isso depende de cada um de nós.

sonimart disse...

Eu concordo com a afirmação, em que dizia que, todos esses muros deviam ser deitados abaixo.

assinado: Ricardo Isaias
Turma do 5º-A.

Anónimo disse...

Sim, totalmente de acordo. Acho que não devemos construir muros sobre os nossos amigos, a família...
Acho que a queda do muro de berlim fez bem á população de berlim, visto que o muro dividia duas partes da Alemanha

nome: ana ribeiro do 5ºA

Raul Martins disse...

Olá Isabel,
o teu comentário hoje foi mostrado na minha aula com o 5º A, pois começo sempre as minhas aulas com um momento de reflexão que, hoje, foi sobre a queda do muro de Berlim e os "muros", como tu bem falas, continuam a existir.
.
E já cá vieram algums alunos comentar.
.
Prepara-te que qualquer dia vou fazer o momento de reflexão a partir de um dos teus poemas.
.
Carpe diem!

Raul Martins disse...

Olá Ricardo e Ana, que grande surpresa... não esperava ver-vos aqui tão depressa. Vamos ver se vocês se animam e aparecem mais vezes. Podem usar o meu blog, enquanto vocês não criam o vosso, para colocar as vossas reflexões, escritos, poemas, falarem sobre o que quiserem... pode ser? Fico à espera.
.
Bom fim de semana.

Anónimo disse...

Olá. Boa noite. Gostei muito da aula de hoje. Foi um privilégio ter partilhado o seu blog connosco.

O tema da aula foi muito interessante. Também concordo que há muitos muros por derrubar.


Sofia Silva 5º A

Raul Martins disse...

Olá Sofia! Que bonito também te ver aqui. E agora vou ter que mostrar às outras turmas para que não se sintam de fora. Calhou ter-vos apresentado o blogue e fico feliz por teres gostado. Faço-te o mesmo repto que fiz ao Ricardo e à Ana... este espaço é teu para textos que queiras escrever. Um beijinho e bom fim de semana.

sofia disse...

ola

Nuno disse...

Olá professor Raul.
Eu gosto muito do seu Blogge.
Boa noite.
Nuno pereira 5ºA

BC disse...

Olá Raul,

fico contente por saber que um simples comentário meu serviu de reflexão numa das tuas aulas, mas acho que é mesmo assim, temos que derrubar muita coisa dentro de nós para então podermos derrubar os muros maiores, e por vezes não são esses maiores os mais difíceis de deitar a baixo.
Quantas famílias vivem isoladas umas das ouras porque não conseguem comunicar, e é isso que deve ser trabalhado, que nós devemos entender, perceber e comunicar aos mais jovens para não repetirem um dia mais tarde.

Quanto aos poemas, já sabes quando quiseres,eu gosto de comunicar, essa é a minha vida.

Partilha são estas coisas pequeninas que existem entre os seres humanos, os gestos "insignificantes", que são tão grandes por vezes, de outra forma não entendo a vida.
Abraço

Raul Martins disse...

Olá Nuno, obrigado pela tua visita. Que seja a primeira de muitas. O que eu disse aos teus colegas nos outros comentários também é para ti. Um abraço. Bom fim de semana.