terça-feira, 29 de julho de 2008

DO ELOGIO DA AMIZADE!


“Muito obrigado a Ti, Deus Oleiro,
porque modelaste a amizade
e a cozeste com a palma das tuas mãos.


Muito obrigado porque puseste ao meu lado

A presença afável do amigo
.....
Com os meus amigos vens Tu
Transformado em vagabundo, em sonhador,
Em homem ferido
....
Muito obrigado, Deus do beijo e da carta;
Do abraço e da presença;
Do segredo e da confiança”


Autor desconhecido,
citado por Atilano Alaiz

2 comentários:

Maria do Carmo Cruz disse...

Vês, Raul do Sorriso Imenso: nós temos razão quando dizemos que orar não é, propriamente, recitar fórmulas. Gosto desta Oração. E rezo-a hoje pelo que aconteceu ontem. Um beijo da Avó Pirueta. Não respondas. Fechei para férias... Respondes com o coração e a resposta chega cá...

Raul Martins disse...

E foi pelo que aconteceu ontem... Ficará na memória. Carpe diem e boas férias!